sábado, 7 de fevereiro de 2009

Rastro

Fiquei impressionada com a quantidade de gente que passa por aqui sem deixar rastro nenhum... E eu achando que estava escondidinha... Descobri ontem, na formatura da minha querida Gabi. Secundarista da UJS, estudante de escola pública, ralou, entrou na UFRGS, fez Direito e... Ontem acabou.
Voltando ao assunto: escondido não pode, Camile. E para de chorar na hora da coletiva!!!

3 comentários:

Lacom Esef Ufpel disse...

"...A nossa militância foi civilizada nas ruas - Camile para de chorar..." Para quem estava assistindo ficou uma angústia, queríamos ver a tal da Camile, mas as câmeras não podiam perder o foco... Se ao Rio Grande ainda restava alguma dúvida de que, para os próximos 80 anos teria uma baita Índia Velha para defender as suas cores e seu povo, naquele momento a dúvida se foi.
Angélica

Manu disse...

Angélica!!! É essa Camile mesmo. Além de chorar e me deixar com um baita aperto no peito na hora mais dura de todas... ela ainda aparece escondidinja por aqui, vê se pode...

Camile disse...

Ai Manu! Já chega aquela coletiva em que tu quase me fizeste perder o emprego (estava de atestado naqueles dias)! Estou sempre por aqui por um simples motivo: tu és alguém que representa nossa luta por dias melhores!!!! Sabes que sempre choro, em bons e maus momentos... por que as emoções são o que nos tornam mais humanos (ando vendo muito Matrix ultimamente, hehehe)!!! Acho que nossos sentimentos também são o que fazem de nós grandes revolucionários! Bjs