quarta-feira, 8 de junho de 2011

Nuvens

Cada vez que o avião pousa e ultrapassa aquela barreira bem branquinha de nuvens gorduchas penso que Deus poderia te optado por nuvens de algodão. 
Custava um pouco mais de Poesia? 

1 comentários:

Marcelo C,M disse...

Nem tudo é o que agente quer, mas quem sabe o que há no fim do arco iris não é!!