sábado, 26 de janeiro de 2013

Essa noite

Não queria passar essa noite sozinha.
Não pela enorme lua cheia que enfeita o céu estrelado da cidade que é nossa.
A lua que se parece com um dos balões surpresa amarelos
das festas de aniversário mais felizes de minha infância.

Não queria passar essa noite sozinha.
Não por causa do tamanho da cama que é gigante como a solidão de alguns dias em que passo rodeada de gente.

tu não me perguntaste o porquê. achaste que era por causa dessas coisas que nós dois temos,
que não entendes,
que não entendo também.
Esses silêncios agudos,
esses rompantes grosseiros.

Não queria passar essa noite sozinha
queria a cama cheia,
queria a lua cheia,
A lembrança dos balões surpresa,
Para não lembrar de como era a vida antes de existirmos.
Para não lembrar que hoje é uma noite particularmente triste.

5 comentários:

Anônimo disse...

Você deve ter quase minha mesma faixa etária,digo pelos sonhos,lembranças,anceios,vontades,desejos,personalidade,esperança,etc
A única diferença é que sou homem e você mulher...mas somos muito parecidos,em quase tudo,será que no amor também ?

Matheus YOGA disse...

Não sei o que falar, não sinto vontade de falar nada, apenas ser.
Você melhorou bastante, seria preciso me dividir em dois, da uma vontade de amar, mas é a mesma mão, pois também estaria em compromisso.

Edu disse...

...Toda e qualquer ilação referente a Lua, Luana, e Luar é por tua conta...toda e qualquer conotação é mera coincidência...

Flavia disse...

Essa ressaca de amor que não passa é foda de sentir, mas gera bons poemas.

Anônimo disse...

Na cama vazia
a lua é cheia
o céu estrelado me chama pra dançar a vida
soltem fogos, acendam os refletores,
vamos brindar felizes
quero teu beijo
quero tua mão
não quero miu ninho vazio
a cama é para amar e sonhar
não me deixe só
a multidão que me circunda
não me ilude
quero teu calor aqui
estou triste
minha cama está vazia
meu coração errante
tenta entender
é só mais uma noite
mas não qualquer noite
é essa noite
exata
precisa
onde choro
triste
no canto de minha cama vazia.