quinta-feira, 6 de junho de 2013

Gaga

Dar voz aos outros sempre foi mais fácil que superar a gagueira de meus próprios sentimentos.

5 comentários:

Edu disse...

Tenho sentimentos sim, mas que recordo-me nenhum congênito, alhias um deles você está inserida...

José de Arimatéa dos Santos disse...

Bela frase Manu. Muitas vezes a doação as outras pessoas não têm a verdadeira ressonância ou ainda o vice-versa.
Parabéns pela belíssima foto de apresentação do "Há uma menina..."!

Anônimo disse...

Não quero o monológo esculpido por minha própria voz
não quero o diálogo de surdo e mudo
da alma fechada às razões do outro
não,
quero ver a vida
com teus olhos
quero que você veja o mundo
com os meus olhos
quero entender o timbre, o tom,a maciez, o ritmo de tua voz
juro que tento
tropeço em sílabas e letras
atrapalhada em meus sentimentos
guaguejo frases soltas e perdidas
mas que na confusão de minhas voz
atropelada
suspiram uma única frase:
eeeeu tete aaaaammmmo!

Matheus YOGA disse...

Gostei de sua nova Home Page, as fotos estão bonitas, você estar bem bonita, nem parece que sofre como escreve aqui no Há uma menina... Ei menina enchugue suas lagrimas, pois é mais bonita quando sorrir, muito gata, inteligente, melhor colocar panos quentes, pois são aliados, só sei de minhas obrigações, obrigado por sua atenção, não quero brincar com seus sentimentos, mas ando tão desgostoso de politica, praticamente só falo com você, tem que ter estomago e para amar tem que ter coração.

Anônimo disse...

Belo texto! É isso, quando olham para a gente é impossível imaginarem a quantidade de defeitos e pontos fracos. Na maioria das vezes isso é por nossa conta. Grande bjo!

Renata Mendonça.