sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Um ano de muita luz

Pensei muito nesses dias que passei em silêncio absoluto ou com breves anotações. Fiz minha lista de metas ou promessas para 2009. O que desejar para um mundo que vira o ano com mais mortos no eterno conflito do Oriente Médio? O que desejar para meus amigos? Os que estiveram comigo em tantas horas duras, compartilharam tantas alegrias? E minha família, tão amiga mesmo com a minha habitual e permanente ausência? E o nosso povo que nunca me furta de sua generosidade?
Eu tive um grande 2008. Bah... Será possível outro ano com tanto aprendizado? Tropecei muito, é verdade. Mas não faltaram mãos, braços, abraços para me ajudar. Para me fazer sorrir. Ganhei novos amigos. Leais. Camaradas. Senti saudades dos que não estavam comigo. Dos que não estavam mais comigo. Mas aprendi, também, que só sentimos a falta do que nos é caro. E perder... Bom, perder nunca é bom. Um amigo, uma morte, uma eleição. Perder sempre nos dói. E se dói... É porque alimentamos sonhos de encontros com o amigo, de cafés com a falecida avó, de ajudar a melhorar a vida das pessoas.
Em 2008 aprendi a falar mais o que vem de dentro. Ainda mais. E a ouvir mais. Gosto tanto de ter dois ouvidos e uma boca. E um grande coração. Para minha felicidade, meu coração segue batendo, forte.
Concluí que só posso desejar paz e saúde para todos, em todos os cantos do mundo. Desejar amor, porque amar nos torna vivos. Desejar indignação para continuar lutando, desejar tranquilidade para a boa luta. Tenho que desejar trabalho. Por que? Porque sei o valor disso na vida do nosso povo, de cada um de vocês. Desejar amigos, para todos termos nossos ombros largos para chorar. E para rir. Desejo gargalhadas gostosas, bons livros, bom filmes, boa música. Desejo encontros. E desencontros emocionantes, com lágrimas. Porque elas lavam a alma. Desejo esperança, luz. Para que a gente siga a vida em 2009 com mais paixão, mais força, mais energia, mais alegria, mais amigos, mais camaradas, mais lutas. Aí, em 2010, viveremos num mundo um pouquinho melhor.
FELIZ, MUITO FELIZ, 2009.

5 comentários:

lindacampina disse...

Manu, que lindo teu blog! Muito bacana mesmo! Um grande 2009 para ti. Beijos.

Lacom Esef Ufpel disse...

Desejamos ainda, que em 2009 você continue escrevendo aqui, e muito, pois a cada post, tendo ele 1 linha ou 50 linhas, alguma coisa boa aprendemos, alguma coisa muda no nosso pensamento, talvez passamos a olhar de um ângulo que antes não conseguiamos ou não queríamos olhar...
Angélica

Valéria disse...

Manu querida, um excelente 2009 pra ti, com muito amor, saúde e força pra continuar na luta. Acompanho seu blog diariamente, parabéns!!!

Manu disse...

Obrigada gurias... Só não me façam chorar porque comecei o ano emotivaaaa...
beijos
p.s. Angélica, a gente sempre pode ver mais ângulos. E eu fico muito feliz ao te ler, aqui!

Lacom Esef Ufpel disse...

Valeu Manu,
A intenção não era lhe fazer chorar... Mas se tiveres que chorar, chore... é tão bom. E o mundo prefere pessoas emotivas e não pessoas frias, incapazes de se emocionar.
Beijos
Angélica