domingo, 26 de fevereiro de 2012

Dica de filme 2

Assisti ao longa Argentino "O conto chinês". Grande filme. Sensível e doce. E com pinceladas de muita graça. Super indico.

8 comentários:

José de Arimatéa dos Santos disse...

Manuela,
Sou um cearense de Barbalha que mora em Santa Luzia do Oeste, Rondônia e que sempre acompanho seu belo trabalho na política a favor da maioria dos brasileiros. Já conhecia seu blog e hoje através do twitter acessei e passei a seguir seu blog.
Continue assim com essa beleza de trabalho na Câmara Federal e logo, logo prefeita e/ou governadora dos gauchos.
Tudo de bom!
José de Arimatéa dos Santos

Rudi Porto disse...

Manuela : você diz ser comunista e vota a favor da privatização do fundo de previdência dos Servidores Públicos federais...pois bem, pode tentar explicar algo por favor? Se vc vota a favor de tirar direitos dos trabalhadores acho que deve uma boa explicação sim...


abraço

Anônimo disse...

Seguir um Twitter, qualquer um,não me atrai.Tentei, certa feita, me relacionar via Facebbok.Não deu! Cada um tem o seu limite de relacionamentos. O meu nunca ultrapassou a casa dos 10 bons amigos.Para além disso, não cultivava- e continuo a não cultivar- os relacionamentos.E foi isto que me afastou do Facebbok ( e de muitos potenciais amigos na vida real). Em um mês, a cota de 10 amigos pulou para quase 40 pedidos de acesso. De forma completamente deseducada, apaguei tudo que houvera escrito e suspendi a conta. Sou um caso perdido!Me vem um sentimento de violação de privacidade doentio.Durante a minha militância no movimento estudantil, os meus dois melhores amigos,integrantes de nossa célula clandestina dirigente,contando apenas com três membros, estimulavam a todo o momento que expusesse na luta política do dia-a-dia, as minhas ideais para o "público" universitário. Levei três anos para fazê-lo, e isto porque não havia ninguém melhor do que eu (do ponto de vista da maturidade) para ser cabeça de uma chapa para o DCE. O que me dava grande satisfação era ver meus companheiros, pessoas incrivelmente inteligentes, a quem amava e admirava ( tendo um deles sido diretor da UNE) defenderem com os meus argumentos, posições que havíamos debatido na véspera. É lógico que eles também sabiam elaborar os seus próprios argumentos e brilhantemente. Um deles, infelizmente morreu prematuramente. O outro, tornou-se um habilidoso presidente de uma Emater - o trabalho de extensão rural é, por excelência, um trabalho político.De qualquer forma, as redes sociais, apesar de ter plena consciência de seu vigor integrativo e político,não me seduzem. Acesso ao seu Twitter rapidamente.Nele descubro que o que mais me interessa são suas observações descritivas e suas fotos. Nada contra o seu caráter político. Porém esse, procuro saber de outras fontes como o "Portal Vermelho",por exemplo, acessando o Rio Grande do Sul.

Anônimo disse...

Hoje, fiquei a procurar notícias na Internet sobre o processo municipal de Porto Alegre. Descobri que existe um pré-candidato do PT, o "Villa". Até aí, tudo muito natural. Não será do personalismo de quem quer que seja- que pode existir em qualquer lugar, para além do PT- que se conhecerá o encontro com a unidade.Há uma discussão de projeto de programa e de "debate com a população de PoA" agendada pelos petistas. É importante que se acompanhe de perto esse debate, para encontrar elementos para formular consequentemente um programa unitário a ser negociado em torno de uma candidatura comum.Assim, ao se atender o que houver de fundamental no projeto petista, restará apenas o problema de fundo do exclusivismo, do personalismo e da vaidade pessoal de quem busca ser prefeito como quem persegue um troféu, mesmo que o resultado final seja a derrota das forças progressistas, e consequentemente dos interesses maiores dos setores marginalizados da cidade. Saudações comunistas!

Anônimo disse...

Anônimo...Gostei desse meu novo nome.Se parece comigo e o que é mais importante: é gostoso de dizer: a/ no/ ni/ mo: anônimo... Alô, mãe? Tudo bem? Tenho uma novidade para contar para a senhora...Casei? De onde a senhora tirou essa ideia maluca mãe? A senhora sabe que não tenho sequer uma namorada...O que?...Fala mais alto,mãe!...Ah, entendi: eu devia arrumar uma! Certo, mãe, mas por enquanto estou bem assim.... O que quero mesmo lhe falar é que eu mudei de nome...Eu mudei de nome! Entendeu?...Como assim, mãe?... Ora, mudando! ...Lógico que pode!...No seu tempo não podia, mas agora é possível... E aí, mãe, não vai querer saber qual é meu nome novo?... Vai?...Então escuta: meu novo nome ,mãe, é A/nô/ni/mo...Gostou?... Olha, mãe, que o danado do nome está na moda, parece que caiu no gosto das pessoas. Tem muito mais Anônimo do que José...É não vai ter jeito: para me diferenciar dos demais vou ter que usar meu sobrenome.Portanto, mãe, daqui para frente, meu nome será "Anônimo da Silva"...O que?... Esse era o nome que o moço do cartório sugeriu que me dessem e a senhora não deixou? Puxa,mãe! Se a senhora tivesse dado ouvidos a esse sábio senhor me teria poupado, todos esses anos, de um nome errado...Não, mãe, claro que não estou culpando a senhora! Como é que a senhora poderia imaginar que uma pessoa absolutamente estranha poderia saber exatamente qual era o nome certo para mim?...Bem,Manuela, me desculpe, mas não podia deixar de escrever essa besteira por aqui. Espero que você um dia leia e não pense em me esganar. Afinal, quantos Anônimos iguais a mim não sonham em mudar de nome mudando concomitantemente o nome do sistema de capitalismo para socialismo?...Um grande abraço e saudações comunistas!

Anônimo da Silva rdv disse...

As garrafas pet.Os sacos de lixo.A desesperançada criança, de germânicos genes e brasileiros sonhos, metida na infame pobreza em uma cidade rica, destituída de sua infância na fotografia crua de nossa sociedade injusta, a inclemência bruta com um serzinho só,desdourada vida de dourados cabelos, um futuro homem que desconstruímos e nos legaremos para jamais nos esquecer que o esquecemos no meio do lixo, como se garrafas pet descartáveis fosse.

Anônimo da Silva rdv disse...

As garrafas pet.Os sacos de lixo.A desesperançada criança, de germânicos genes e brasileiros sonhos, metida na infame pobreza em uma cidade rica, destituída de sua infância na fotografia crua de nossa sociedade injusta, a inclemência bruta com um serzinho só,desdourada vida de dourados cabelos, um futuro homem que desconstruímos e nos legaremos para jamais nos esquecer que o esquecemos no meio do lixo, como se garrafas pet descartáveis fosse.

Anônimo da Silva rdv disse...

A Manuela "arrasou!" O que você fez, Manuela? Essa fragmentação do discurso. Essa excitação da curiosidade longe. Parece ter sido um debate. Bolsonaro estava presente? Bolsonaro comprava jornal na mesma banca que eu.faz muito tempo.Naquela época me parecia ser uma pessoa simpática. As aparências enganam.Melhor: a simpatia e a antipatia enganam! Mas voltemos ao "arrasou!". Um debate com a presença de Bolsonaro mais (+) a expressão "arrasou!" nos informa ter sido um debate envolvendo os direitos dos homossexuais. Se a Manuela arrasou deve ser porque se houve bem no confronto com Bolsonaro,demolindo um a um seus argumentos homofóbicos. Se foi isto,então, parabéns,Manuela! Mas e se não foi isso? Se a Manuela e Bolsonaro resolveram partir para as vias de fato? A Manuela arrasou?! Quer dizer que ela finalmente fez o que muita gente já pensou em fazer com Bolsonaro mas teve que se conter,por civilidade, espírito democrático ou mesmo por pura falta de oportunidade? Se foi essa segunda hipótese, espero que Bolsonaro não se sinta afrontado em sua honra de macho, me aparecendo amanhã ou depois no Congresso propondo um projeto de lei proibindo às mulheres de direitos de espancamento iguais perante aos homens. Pensar que Bolsonaro é carioca.Seja qual for a hipótese correta: que vergonha para nós que somos cariocas!