sexta-feira, 1 de junho de 2012

Isa: todas as crianças do mundo

Não me lembro ao certo o que senti quando ela nasceu. Pequenina e chorona, gritona, furiosa era a menina dos olhinhos assustados. Foi crescendo, sorrindo, olhando e, quando percebi, havia brotado em mim um amor diferente de todos os que já havia sentido. Um amor que me faz ficar repleta de sentimentos bons. Um amor que ela devolve com cada sorriso ou abraço apertado. Um amor de saber que ela fez por minha irmã querida o maior bem do mundo. E sem qualquer interesse. Essa menina me mudou por completo. Fez caber em mim todas as crianças do mundo.

Antes eu lutava para ver todas as crianças felizes, agora é mais forte. Cada criança é uma Isadora. Cada mãe é uma Carolina. É pela felicidade e tranquilidade das Carolinas e Isadoras que eu luto.

A Isa faz hoje dois anos. Dois anos de sorriso, cara melecada de chocolate e amor. E eu agradeço a ela por ter me dado a convicção que cada criança merece tudo. E que cada mãe merece tudo. Obrigada, Isa. Contigo, todas as crianças do mundo vieram para dentro do meu coração.

---------

A Isa abriu caminho para a Bia (minha sobrinha de um aninho). Abriu caminho para um amor ainda mais profundo que eu ainda sentirei, o de mãe.

3 comentários:

Anônimo disse...

Manuelinha,

Tira fotos da Isa (do niver) para eu ver). Estou aqui sentada, pensando em todos vocês. Tira da Biazinha também. Vou aguardar.

Beijos,

Clarisse (com dois "ss"

Anônimo disse...

Manuelinha,

Tira fotos da Isa (do niver) para eu ver). Estou aqui sentada, pensando em todos vocês. Tira da Biazinha também. Vou aguardar.

Beijos,

Clarisse (com dois "ss"

juliana kalid disse...
Este comentário foi removido pelo autor.