domingo, 28 de fevereiro de 2010

Final de semana

Para além das coisas que já postei por aqui, passei o sábado e domingo em reunião da Direção Estadual do PCdoB. Debatemos eleições em todos os níveis, nossas campanhas para Deputados federais e estaduais e ainda outras questões de um ano como este: com grandes definições políticas para nosso país e para o Rio Grande.
Às vezes vejo que para alguns parece esquisito passarmos dois dias debatendo política, projeto, idéias e lutas. Afinal, para muitos política é apenas um lugar para "sair ganhando algumas coisas". Outros acham esquisito justamente o fato de eu não falar apenas em política. Coisas da vida.
Aos primeiros, acho que neste final de semana aqui no Sul tivemos algumas provas de quanto temos para mudar. Não que precisemos de mais provas: a desigualdade social, a violência, a injustiça já seriam o bastante. Mas a cada dia, a cada fato é preciso renovar esta convicção de que é necessário fazer política de forma diferente, para vermos políticas sendo implementadas, construir políticas e denunciar aquilo que está errado. Lutar. Porque só a luta muda a vida.
Outros questionam o fato de eu não querer falar apenas disso. Isso é irônico. Primeiro porque eu passo quase todos os dias em atividades, agendas, na Câmara cumprindo com a minha obrigação de representar a população. Mas não faço apenas por obrigação senão pela convicção acima descrita. E acho irônico porque faço um esforço muito grande para não me mecanizar. Para não virar um robô porque acredito que os robôs não tem como ter energia e força para lutar contra tantas coisas e a favor de tantas outras. Acho que os robôs pensam: matar um é normal, tiroteio é normal. A robotização, em minha modesta opinião, faz com que a gente pense ser normal aquilo tudo que está errado no nosso país, nas nossas ruas. E a desigualdade não é normal. Nem a violência.
É o que eu penso. Não dá para tudo na vida ser isto ou aquilo. Sou alguém que luta para mudar o Brasil por ter muita convicção de que é justo que todos tenhamos dignidade, emprego, educação, saúde e paz. Mas sou também alguém que, como todos vocês, luta muito para ser feliz.
beijos, boa noite e ótima semana!

1 comentários:

Tainá disse...

Foi perfeito seu texto! Clara em suas opiniões e direta no assunto! A parabenizo pela corangem e determinação com q caminha! Eu hj entro em contato contigo pela 1ª vez, tbm lhe enviei um e-mail. Espero q continue assim e cada vez mais forte, pois assim como vc acredito em um Brasil diferente, em um Brasil q vai fazer a diferença! ;) Deus a abençoe! Tainá - PR