quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Cerejas

Há muitos anos ela sorriu e disse: és a cereja de meu bolo.
Passou a ser o bolo inteiro. A festa de aniversário. 
Parecia incrível que nem mais a cereja fosse dele.

1 comentários:

Leti Abreu disse...

ehehe, há muitas cerejas que apodrecem nessa vida.

Abraços