quinta-feira, 10 de novembro de 2011

O twitter e seus verbetes

Gente,
Decidi transformar em risos a exaustão que andamos com "a nova ofensiva virtual" dos setores mais atrasados. Como? Vamos criar, de maneira colaborativa, uma espécie dicionário dos termos mais utilizados e seus significados? Vou me dedicar a alguns verbetes relacionados ao machismo virtual e outros da disputa política. Ah! Não precisamos nos dedicar apenas à palavras. Podemos falar também de expressões.

- "agressiva": mulher que responde aos tweets em que é criticada. O uso masculino da palavra se estabelece com "combativo"

- "neurótica": mulher que interpreta adequadamente as ofensas machistas que sofre. O uso masculino da palavra pode se dar com "atento".

-"irritada": mulher que é enfática para responder críticas. O masculino é "indignado".

-"raivosa": expressão utilizada para mulheres com opiniões firmes. No masculino é utilizada como "firme".

-"bonitinha": o feminino de burro.

-"estressada": leia "agressiva", "neurótica", "raivosa" e "irritada" e seus usos no masculino. 

- "mal amada" ou mal coisa pior, mais vulgar e mais utilizado: mulher que fica indignada com rebaixamento da discussão.

-"Não sabes separar o pessoal do político": expressão normalmente usada por aqueles que ofendem alguém pessoalmente e, depois, reinvindicam estar debatendo  idéias.

-"eficiente": aquele que concorda com as idéias de quem escreve.

-"seja democrático!": expressão usada quando questionas a opinião de alguém. Ou seja, democracia para esses é quando a única Opinião que vale é a própria.

-"democrático": aquele que concorda com quem escreve.

-"não seja estúpido" ou "não seja grosseiro": usada quando não concordam com aquilo que escreves em 140 caracteres.

-"não tem argumentos": usada quando não concordam com os teus. Também ignora que estás no twitter e não num simpósio em Harvard.

-"incoerente": aquele que não é coerente com as idéias. Dos outros.

Por enquanto essa é minha contribuição! Enviem as suas!

6 comentários:

valeriobrl disse...

Gostei do post, um abraço :-)

@Limarco disse...

Continuarei atento a esses movimentos agressivos. rs
Muito bom, toda razão.
Abs

Giovanni Gouveia disse...

O verbetes "agressiva", "neurótica", "Irritada", "raivosa", "estressada" às vezes também são substituídos por "tá de TPM", pois pros reaças/machistas mulher só poder ser enérgica quando tá de TPM, senão fica "mansinha"...
Parabéns pelo post, Manuela.

Marcos disse...

Discordo...distinção de sexo, transformando tudo em discriminação, nos debates da internet, é puramente interpretação de quem está fazendo a leitura, e em nada tem conexão com os reais sentimentos da comunidade virtual, ou seja, dos usuários. Na internet, tudo é leitura, logo, tudo é interpretação e cada um leva isso como acha que deve e, na maior parte dos casos, apenas sobre sua ótica. Há muito texto no cunho de "humor" na rede, e isso deve ser analisado por esse contexto, humor, comédia, engraçada ou não, não interessa, é humor, se alguém gosta ou não, não pode achar tudo discriminatório, o contexto deve ser levado em conta. As pessoas tem a obrigação de ter opiniões, agora, debater com o intuito de convencer todos a sua volta de que determinada ideia é a melhor, é estupidez. Na maior parte dos casos aonde os adjetivos do texto poderiam ser usados, era essa situação, debates entre divergências que não levam a nenhum lugar concreto. Acima de qualquer julgo, todos merecem respeito e ninguém achará a mulher nada do que foi mencionado, se ela participar de debates na rede aonde ela domina o assunto, ouvindo, e expondo ideias, não querendo doutrinar a todos sobre questões irrelevantes. Abraço de um sincero conterrâneo admirador.

@pah_fleck disse...

Faltou um sobre “estás fazendo politicagem” onde tudo que é feito de forma competente é acusado de ser interesses políticos. Essa já ouvimos muito nos últimos tempos... bjão.

Lena disse...

Mais um verbete: "Seca", mulher que responde às questões sem muitas firulagens ou rodeios. O uso masculino da palavra é "Direto".