quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Dependente

Concluí que tenho tendência ao vício. Quando era guria e gostava da noite, saía quase todos os dias. Na universidade, fazia 52 créditos por semestre, inúmeras cadeiras, dois cursos. Quando ingressei no movimento estudantil nunca me satisfiz apenas em disputar as eleições do Centro Acadêmico. Ajudava na área de Solidariedade Internacional à minha grande amiga Ana Maria Prestes.
Na minha vida pessoal, quando me dedico a ler não me interesso por um livro de determinado autor. Tenho que ler todos. Não sou de gostar pouco das pessoas. Ou amo, ou odeio. Quem é meu amigo, tem uma leoa na defesa. Quem não é leal, poucas vezes retoma minha amizade. Ou passo semanas dormindo nas casas de minhas irmãs ou semanas sem telefonar. Ou falo, falo, falo... ou me calo.
Quando fui eleita vereadora e deputada nunca me contentei em ser apenas parlamentar. Sempre lutei para prestar contas, fazer debates, estar na rua, conversar com as pessoas, aprender temas novos, me meter onde não era chamada...
Agora tento conversar mais com meus amigos. Fiz um perfil no facebook, ando com o smartphone... Criei o blog. Prometi que seria exclusivamente pessoal. Mas o que posso fazer? Eu sou todos os meus vícios! Eu sou os meus defeitos! Esse espaço também me gerou dependência...
Fico feliz ao ter notícias de amigos, triste se não há nada de novo no front...
Não me bastasse todos os meus antigos vícios criei mais um...

3 comentários:

André Carús disse...

Mas esse é um vício legal Manu, pode ter certeza!

Gostei muito da tua iniciativa de criar este blog. Ficou mais íntimo, próximo dos teus amigos e das pessoas que acompanham o teu trabalho. Acertaste o tom com muita competência.

Por aqui, na nossa Porto Alegre, as coisas vão indo, disputei as eleições, lutei com garra, acho que fiz uma ótima votação, mas acabei esmagado em comunidades pelo poder econômico.

Isso, infelizmente, compõe o nosso sistema político.

A ti, minha amiga, desejo tudo de bom e sucesso agora e nas próximas jornadas. Tô de volta na assessoria do Senador e à disposição sempre.

Abraço,

André Carús.

clickbahia disse...

Manu vc orgulha nossa juventude...vc orgulha muito a mim, que vejo q finalmente a lei dos estágios vai sair do papel, eu que sei bem disso, quando fui explorado um ano pela previdência social, eu que sempre usei serviços públicos de saúde e de educação e que no governo lula , tive a oportunidade de ser aprovado no vestibular da UFRB ( uma universidade nova no estado, que há anos um presidente ñ criava uma universiade)e tbm beneficiado com o ProUNi do governo federal , hj sou contemplado com o programa de permanência da Universidade e ter oportunidade de mobilidade social que o acesso a academia nos permite, afinal a educação ainda é a melhor forma de se distribuir renda. Por isso estou consciente da minha luta de "classe" e muito feliz por nosso país estar avançando bastante, com a sua colaboração e com a da Une..nossa força nossa voz!! saudações socialistas

clickbahia disse...

Manu vc orgulha nossa juventude...vc orgulha muito a mim, que vejo q finalmente a lei dos estágios vai sair do papel, eu que sei bem disso, quando fui explorado um ano pela previdência social, eu que sempre usei serviços públicos de saúde e de educação e que no governo lula , tive a oportunidade de ser aprovado no vestibular da UFRB ( uma universidade nova no estado, que há anos um presidente ñ criava uma universiade)e tbm beneficiado com o ProUNi do governo federal , hj sou contemplado com o programa de permanência da Universidade e ter oportunidade de mobilidade social que o acesso a academia nos permite, afinal a educação ainda é a melhor forma de se distribuir renda. Por isso estou consciente da minha luta de "classe" e muito feliz por nosso país estar avançando bastante, com a sua colaboração e com a da Une..nossa força nossa voz!! saudações socialistas