quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Maratona

Nunca fui do tipo de praticar exercícios e tenho relativa culpa por isso. Mas há alguns dias tenho corrido, corrido tanto que me senti uma maratonista. Resolvi enfrentar diversos desafios de uma só vez. No mandato, na vida, nas minhas casas (em Brasília e em Porto), em mim mesma. O que será que aqueles quenianos maravilhosos fazem depois de vencer os obstáculos das grandes distâncias?

2 comentários:

Emanuel Gomes de Mattos disse...

Manu, os quenianos correm pra cansar os leões. Depois que os bichinhos estão esgotados, de tanto correr atrás deles, vão pra panela, rá!
Beijão

jessi. disse...

não creio :O