quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Complexo de vira-lata


Adoro cachorro vira-lata. Ouso dizer que são os meus preferidos. Independentes, andam soltos pelas ruas. Mas há uma expressão criada pelo grande escritor e dramaturgo Nelson Rodrigues que me parece precisa para algumas pessoas nesse momento da história brasileira: "complexo de vira-lata". Esperei os dias passarem para escrever sobre os jogos olímpicos. Me conheço muito bem e sei que meu lado nacionalista e lulista estava muito exaltado depois daquelas imagens lindas da sexta-feira. Trabalhando em outras coisas durante os últimos quatro dias pude pensar mais calmamente.

Porque tanta gente é contra? Tento pensar em todos os cenários. Primeiro a afirmação do Brasil como grande potência mundial. Será pouco receber a Copa de 2014 e logo em seguida os jogos olímpicos? Será que essa é uma decisão apenas da área do esporte? A resposta que dou é não. Duas vezes não. Desde a perspectiva de nosso desenvolvimento econômico grandes eventos esportivos significam muito. Investimentos em infra-estrutura retorarão com a entrada de divisas do turismo e da publicidade gratuíta de nosso país por todo o mundo. Digo todo o mundo porque hoje, diferente de em 1958, esses jogos são dos eventos mais assistidos pelo televisão em todos os continentes. Isso significa empregos para nossa população. Portanto, eventos esportivos estão longe de serem importantes apenas para os amantes do esporte.

Desde a perspectiva do desporto, garantir que o desenvolvimento passe por essas atividades significa promover novos valores para nossas crianças, adolecentes e jovens. Práticas de saúde, de respeito, de saber perder e saber ganhar, de coletividade, de esforço. Incentivam portanto, tais eventos, ao mundo do esporte.

Alguns alegam como justa a preocupação de que os recursos podem ser desviados. Considero legítima essa preocupação. E devemos criar comissões de acompanhamento desde agora. Mas deixar de fazer por medo de corrupção significa desistir do Brasil em função de todos aqueles que erraram, ou seja, vitória dos ruins! Não podemos deixar de ousar porque históricamente nosso país cometeu erros. É como deixar de ir a aula porque um dia, a caminho da escola, fomos assaltados. Pode acontecer? Pode. mas se o policial estiver ali dificelmente acontecerá.

Por isso tudo (e sei que ainda escreverei muito sobre isso aqui) acho que grande parte das manifestações contrarias aos eventos esportivos (vejam, eu disse grande parte e não todas) são fruto do complexo de vira-lata.
Abaixo o próprio Nelson:

"por 'complexo de vira-lata' entendo eu a inferioridade em que o brasileiro se coloca, voluntariamente, em face do resto do mundo"

"o brasileiro é um narciso às avessas, que cospe na própria imagem. Eis a verdade: não encontramos pretextos pessoais ou históricos para a auto-estima"

4 comentários:

Izaias quirino disse...

manuela, como jovem gostaria de dizer que, por ser de são paulo, pouco conhecia sobre voce, lempbro de voce ter aparecido no progarma do lula em 2006, e desde lá fiquei com uma otima impressão sobre voce e quando e agora que descobri o seu blog e um pouco mais sobre voce, vejo que realmente vc é uma pessoa especial e que realmente tem um grande futuro na politica e quem ganha com isso somos nós. agora sobre o lula esse cara é sem comentarios vc viu o video dele do lado sergio cabral que ta no blogo do planalto? confesso que essas coisas me levam as lagrimas, é muito amor a esse país, aoi eu fico pensando quanto tempo esse país perdeu antes de eleger alguem que realmente ama essa terra.

emformação disse...

acabo de encontrar!
o pretexto mais belo, preste meu pequeno texto; na aguerrida batalha do dia-dia para virarmos as latas e sentirmos orgulho de pessoas assim, como você. parabéns pela tragetória, e sucesso para as que virão!
avante, um grande beijo, honrrado do meu voto!

felipe martins minhoto disse...

parabéns pelo artigo!pela postura, pela dignidade. pela bela...pela bela, e brilhante forma como exerces o mandato. enternecido de saber que bem foi empregado o meu voto, e bons frutos tem sortido tal graça na câmara, lhe parabenizo pela trajetória, assim como lhe verto "votos" de sucesso! a nós!rsrs!

grande abraço!!!

Janilson Leite disse...

Manu, sou Janilson, médico formado em cuba, comunista, lutando aqui pela a amazonia acreana para melhorar a vida de nosso povo. linka meu blog ai, vou linkar o seu. Bjo http://www.doutorjanilson.blogspot.com/