quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Pessoas

Nos últimos dias tenho pensando muito em como é bom gostar de pessoas, ter pessoas para gostar, amigos para conversar, família para conviver. Sinto muita falta de todos. Não fico com nenhum o tempo que desejaria. Não fico com minha família o tempo que preciso, não saio e nem converso com os meus amigos o tanto que quero, não vejo meu namorado todos os dias da semana. Mas sou feliz. Feliz porque amo muito e tenho muitas pessoas para sentir saudade. E só posso sentir essa saudade porque vocês fazem parte da minha vida.

8 comentários:

Tudo do cotidiano disse...

Manu, acho que a saudade é a melhor forma de dizer para as pessoas como elas são importantes.
Um beijo, saudades

Manu disse...

engraçado... como tu sabias que eras uma dessas pessoas? saudade

Lu disse...

Espero ter um cantinho pra mim e pra Luísa nesta saudade!
Beijos

Repórter Cidadão disse...

MANUELA SEQUER É CITADA EM PROGRAMA NACIONAL DE TV DO PCdoB


Entre 2006 e 2007, a participação da deputada federal Manuela d'Ávila (PCdoB-RS) como estrela e âncora do programa nacional do partido na TV era quase que uma obviedade.

Em 2009, as estrelas do PCdoB na telinha (no programa exibido ontem em horário nobre) foram o ex-jogador de futebol e atual pastor evangélico Müller - os âncoras foram Marcelo Gavião e a deputada federal amazonense Vanessa Grazziotin. Manuela sequer foi citada.

O que mudou de 2006/2007 para 2009??? Haveria o ano de 2008 no meio do caminho?

Ki koisa, heim, Manu!


Porto Alegre, 09 de outubro de 2009


Repórter Cidadão

act disse...

Manuela, tudo bem? OLha, dois dias atrás encaminhei e-mail ao seu gabinete mas não tive retorno. Copio aqui para que você entenda o que pretendemos e quem eu sou, o que faço etc e tal. Meu e-mail: act_brasilia@hotmail.com.

Olá deputada Manuela,

Precisamos da sua ajuda. Somos jornalistas e relações públicas do Governo federal. E sabemos que você também é jornalista.

É o seguinte: o Governo federal encaminhou para a Câmara dos Deputados o projeto de lei 5.920/2009, que está na Comissão de Trabalho, da qual você faz parte.

A matéria prevê reformulação de várias profissões, entre elas de engenheiro, economista, arquiteto, geólogo.

Queremos saber se a deputada pode apresentar emenda incluindo jornalistas e relações públicas nessa nova estrutura remuneratória do Executivo.

Temos travado batalha de quase dez anos com o governo, sem qualquer resultado.

Somos em torno de 300 técnicos em comunicação social (jornalistas e relações públicas) e ainda há outros 300 cargos vagos, que deveriam ser ocupados através de concurso público.

Muitos de nós comandam assessorias de comunicação social recebendo salários vergonhosos para a especificidade do nosso cargo e importância da nossa profissão, que é a sua também.

No entanto, a Secom só tem olhos para os profissionais nomeados sem concurso. Precisamos que alguém olhe para os concursados.

Uma simples emenda a essa lei colocaria ponto final nessa batalha travada há uma década.

Precisamos do seu apoio, deputada. E, sinceramente, não vemos outro parlamentar para estar do nosso lado a não ser você.

Se for possível, gostaríamos de ser recebidos em seu gabinete para dar mais informações sobre nossa luta. Seria uma comissão com no máximo três profissionais, todos de Brasília. E não tomaríamos muito do seu tempo.

Esperamos retorno a essa mensagem

Atenciosamente,

Antonio Carlos Teixeira (Receita Federal)
Wilma Anete Gonçalves (Ministério da Agricultura)
Rosângela Elias (Ministério da Previdência)
Eduardo Juarez Alencar (Ministério da Fazenda)
Osvaldão Augusto Leitão (INSS)
Erica Teixeira (Ministério da Fazenda)
Leonor Medeiros (Ministério da Educação)
Raul Marcelino (Ministério do Planejamento)
Ivan Cláudio (INSS)
Maria Gláucia Magalhães (Ministério da Educação)
Edgar Barros (Ministério da Previdência)
entre outros

Claudio disse...

Manu, voce nao me conhece e nunca estive com voce pessoalmente... mas, sua garra, sua energia e sua inteligencia contagia a muitos, como a mim... Sinto saudades de voce... é como te conhecesse a vida inteira.

Tato de Macedo disse...

Nem te conheço menina, mas só de falar em saudades, cá estou com saudades, para o meu próprio espanto...ora, pois, pois...

abs

Felipe Braga disse...

Saudade é a prova do indispensável.

Beijos.