quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Diploma de jornalista

Hoje pela manhã participei de em encontro sobre diploma e regulamentação da profissão de jornalista. Foi interessante ouvir alguns relatos. Na Bahia, por exemplo, já estão tentando pagar menos que o piso da categoria (o que afirmávamos, precarizacao dos profissionais, interesse dos grandes grupos mídia...). Outro relato interessante tem relação com o Ministerio do trabalho e a fase de debate sobre o que será necessário para alguém ser jornalista. Bem, de nossa parte queremos que seja instalada a comissao para discutirmos o tema. Debate aberto, franco e tranqüilo.
Ps Estou no celular, com acentuação apenas automatica... Desculpem.

6 comentários:

Jameson disse...

Realmente é algo preocupante Manu, eu pensava em cursar Jornalismo, como não mais tão necessario o MTB, vou cursar no inicio do ano, Técnico em Radialismo, para possuir o DRT, e ja ir atuando no mercado de trabalho, Manu, sou da Região do Vale do Paraiba e Litoral Norte de SP, acompanho seu mandato desde Vereadora, a Dep.Federal, no site, todos os dias, rs.. é um Vicio! "Manu Manu Manuela, 6565 vote nela, pra Dep. Federal! rsrs.. sou rocho por porto alegre! heh... coloquei até foto nossa que tirei contigo em Brasilia, no seu site, durante a campanha de Prefeita, Parabens, Todos meus amigos, acabaram conhecendo seu site, te tanto q falo! Jameson Duarte

Délio Pinheiro disse...

Deputada, lute pela valorização do diploma. O Brasil merece mais profissionalismo e seriedade na cobertura dos fatos. Já tem curso picareta "ensinando" alguém a ser jornalista em 45 dias. Uma afronta. Nós, jornalistas diplomados e e enganados, que desperdiçamos 4 anos de nossas vidas em um banco de faculdade, merecemos um pouco de consideração.
E só você para encampar com força e garra o projeto que revitaliza o diploma e nossa honra momentaneamente ferida.
Se puder adicione-me no Twitter: @deliopinheiro

arreguy disse...

Prezada deputada Manuela,
São elitistas, pra não dizer outras coisas, os que defendem a obrigatoriedade do diploma e maus alunos os formados que pensam que desperdiçaram tempo na faculdade (provavelmente porque não aprenderam nada).
Serã medo da concorrência?

Luís Guilherm, Pouso Alegre, MG.

O Blog do Capeta disse...

Volta do diploma? De ilusões também se vive. Com o STF, migramos de uma lista de países cretinos e protecionistas. Agora, é arrumar um jeito de acabar com a graduação específica. Jornalismo é uma profissão intelecutal. O resto é conversa. Façam cursinhos técnicos para profissões técnicas.

Rafael disse...

Sou à favor da exigência de perfil mínimo para qualquer função.

Que tal debatermos formação mínima para ocupação de cargos públicos também?

Anônimo disse...

Oi Manu sou do PT e estudante de jornalismo a faculdade ja deixa a desejar, eu acredito no diploma como forma de filtrar entre alguém copetente e alguém que sai de algum reality show, as emissoras vão talves preferir a segunda, portanto acho importante essa discussão. temos que pautar a ética no jornalismo eles fazem de nós políticos gato e sapato é como se a verdade fosse somente a da imprensa, gosto do seu posicionamento na imprensa continui sempre assim é de politicos assim que precisamos, que saibam reconhecer que o governo federal rala muito pra chegar onde tá, e a grande mídia tenta descontextualizar pq sabem que estamos no rumo certo.
foi ótima sua entrevista no é noticía pena que pra variar é muito tarde e mais pessoas não tem acesso.
parabens pelo blog minha 1º entrada gostei
sou Clécia de Diadema.