domingo, 20 de setembro de 2009

Homenagem ao 20 de setembro



que a gente reflita sobre os desafios do nosso Rio Grande.

7 comentários:

eduardo disse...

Deputada, sou natural de Fortaleza-Ceará. Que orgulho ter, no meu País, uma parlamentar como você. Embora não seja seu eleitor - porque não posso - me sinto representado pela sua atuação no Legislativo. Parabéns pela entrevista ao Kennedy Alencar, especialmente as respostas sobre: comunismo, com a nossa matiz; projeto político x nomes; tematização da juventude; preconceito (a liberdade do homem branco, de 40 a 50 anos de idade). Vou acompanhar sua trajetória com mais atenção, a partir de agora. Fiquei curioso para ler Mario Benedetti. Parabéns!

Caroline Lameirão disse...

Boa noite, Vossa Excelência!!! Assisti sua reportagem, gostei de sua postura. Se a maioria de nossos políticos agissem desse modo o Brasil estaria diferente. Gostaria de entrar pra política, pois penso que posso melhorar nem que seja o meu município, por isso de hoje em diante seguirei sua carreira política para me inspirar na mina...
Agradeço Vossa atenção!!!

Vivi disse...

Ganhou mais uma fã paulista, tenho 19 anos sou de São Paulo e adoro as suas idéias, você é um orgulho para nós jovens e mulheres...e todos os brasileiros...
beijos

Devir disse...

Olá, acabei de assistir voce na TV
e ao contrário de perguntar-me:
Aonde eu estava que não...?
Escolhi, antes tarde do que nunca,
conhecer voce, e também todos
os atributos e atribuições
da sua vida social.

É magnânimo seu conceito de educação
para todos
é como se voce gritasse
- melhor se não precisasse, claro -
TODOS, SEM EXCESSÕES, T O D O S!!!

Grande Abraço, Manuela D'avila

Tato de Macedo disse...

Olá Manuela,

Assisti um trecho de sua entrevista no programinha do Kennedy.

Foi uma entrevista, digamos, agradável. Porém, chamou minha atenção algo que entendo ser de pouca relevância, mas merece uma correção:

FHC não foi responsável pela "estabilidade econômica", como muitos imaginam por força de persuasão do PiG.

O Plano Real, que nasceu no governo Itamar foi gestado sobre as bases do plano Austral da Argentina. A estabilidade se deu no processo de amadurecimento de nossa economia que conheceu os maiores benefícios nos dois governos Lula.

FHC foi sim, um governo mais que privatizante (por si não seria um problema), um entreguista.

Ademais,

Ótima semana e tudo de bom, guria!

Rogerio disse...

Cara dep. , assisti ontem parte de sua entrevista na tv. No pouco que vi gostei muito de sua postura, mas gostaria de fazer um pequeno comentário sobre sua opinião sobre a iade mínima apara o senado e presidência da republica. No sistema bicameral brasileiro, adota-se a idade como fator de experiência. Por isso Senado, de Senior, Senil, etc. Existem várias formas de se adota um sistema bicameral, o técnico, o aristocratico, etc. Acredito que o mais democrático seja mesmo este, e é inegável que os anos nos trazem experiência e reflexão, o impulso comum aos jovens move a câmara e a serenidade dos mais velhos deveria avaliar e ponderar. Só comento isso pq a vi preparada e motivada e gostaria que sempre falasse com propriedade sobre todos os questionamentos, neste caso não é hipocrisia da legislação mas reflexo de uma opção a meu ver acertada da legislação, mesmo que somente como ideal. Sobre a autonomia das universidades, como professor universitário, concordo com vc, porém sem anarquia, pois democracia não é isso. Leia Teoria Geral do Estado - darcy Azambuja, seu conterrâneo

Camila disse...

Olá, acabei assistindo por acaso a entrevista ontem e adorei. Sou gaúcha, tenho 20 anos e estou no último ano da faculdade de jornalismo. Nunca tinha procurado conhecer o teu trabalho a fundo, infelizmente, mas, como já foi dito, antes tarde do que nunca. Não faz muito que comecei minha vida de eleitora e tens toda a razão sobre a questão da importância de nos identificarmos com os agentes políticos que elegemos. Parabéns e boa sorte na tua carreira!