terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Dica de leitura


Tenho manias inconfessáveis. Mas uma eu adoro: a de me apaixonar por livros e temas diferentes a cada dia. Por exemplo, já fiz uma busca virtual dos livros que quero ler nas minhas férias. E já os fico imaginando. Nos dois últimos dias devorei um entre o avião e as noites insones. Chama-se "A outra vida de Catherine M", da francesa Catherine Millet.

Desde Sartre e Beauvoir muito foi escrito e debatido sobre relacionamentos diferentes ou abertos. Há inclusive um fantástico livro com o conteúdo dos diários da própria Simone de Beauvoir. Comprei esse livro francês por acaso, na banca do aeroporto. Havia esquecido "Espelhos" (de Galeano) no carro e tinha que ter algo para ler na última poltrona do avião. É uma edição que saiu em português graças ao ano Brasil/França.

É um belo livro porque Catherine é a editora da Revista Art Press (principal revista de crítica de arte da França). Ou seja, é uma mulher realizada mas que também sofre com as coisas mundanas como todas nós. Fica a dica para quem gosta de livros com uma ênfase mais psicológica ou comportamental. Eu os adoro. Decifrar o ser humano é uma das minhas paixões. Inclusive porque sei que é impossível!

3 comentários:

Alessandra disse...

Manuela, leia "Para sempre Alice", livro lindo e que nos faz pensar em muitas coisas. Principalmente no qto somos frágeis.

Qto ao outro texto fico absolutamente encantada com o qto vc demonstra gostar do que faz. Faltam pessoas assim!

Márcio Luís disse...

Olá deputada! Sendo a senhora tão jovem, o "senhora" é mais pelo respeito mesmo!
Amei o seu blog!
Parabéns!
E muito obrigado pela atenção no Twitter, viu?!
A senhora é uma das raras pessoas que ainda me fazem acreditar na política!
Conte com a minha torcida e com minhas orações!
Abraço!!!

Marília Arraes (PSB/PE) disse...

Manuela,
Li "Espelhos". Pela palestra que assisti do próprio Galeano (e pelo "veias abertas..."), achava que iria me encantar bem mais, porém não deixa de ser um livro excelente.
Também sou fã de Sartre (particularmente, "Mãos Sujas")e Beauvoir.
Valeu a dica de leitura.