sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Pense duas vezes


Nem todos conhecem os lugares que muitos brasileiros vivem. Comunidades sem saneamento, sem infra-estrutura alguma. Vivem em meio a dejetos cloacais. Ou das fezes de seus banheiros sem esgoto. Ou suas crianças brincam em valões imundos. Muitos brasileiros vivem na merda, de fato. E sofrem com isso. Trabalham, educam seus filhos (ou tentam garantir a vaga na escola). São as brasileiras sem vagas para seus filhos em creche, os jovens que muitas vezes são alistados pelo narcotráfico. Muitos adoecem, muitos morrem pela falta de higiene (não suas... visitem suas limpas casas) mas da higiene da rua, do bairro, da cidade. Parte disso chamamos de saneamento. Ontem, portanto, o Presidente Lula não usou a palavra merda no sentido figurado ou como palavrão. A usou no sentido literal. Lançava o programa Minha Casa, minha vida. Um programa que além da moradia prevê infra-estrutura urbana.

Mas e se tivesse usado a palavra merda no sentido figurado? O que isso o diminuiria? Ontem, comentei rapidamente no twitter o choque que levei com a reação moralista de alguns articulistas políticos e também de muitos cidadãos. Capa de jornais, colunas inteiras. E o Arruda? E os 7 pedidos de afasmento dele? Ah! Ficaram satisfeitos com a saída dos DEMOcratas? Eu não!Alguns com razão afirmavam irritados que os exemplos devem vir de cima. Concordo 100%! Mas qual é o exemplo? Usar uma palavra feia (que não é em si um palavrão) é um mal exemplo?

Estou acostumada com pessoas que gostam de falar de maneira rabiscada. Quase teatral. Jamais usariam uma expressão (mesmo errada) de maneira natural. Tudo é pensado. Ajuda alguma coisa? Muda a realidade? Educa nossas crianças para não se conformarem com as injustiças, com as crianças iguais a elas que vivem nas ruas, para não pegar a canetinha do coleguinha na escola? Não.

Portanto, pense duas vezes. Primeiro, na verdade inconveniente relevada por Lula: muitas pessoas vivem sem saneamento. Isso existe mesmo que tu não vejas em teu caminho para o trabalho. E é muito importante garantir dignidade para elas. Segundo, quantas vezes tu que és honesto, trabalhador, se indigna com algo que vê e pensa: "Ai, que merda!!"? Muitas, não? Eu prefiro ter um Presidente parecido comigo, contigo, com todos. Alguém de verdade que fala português e que, depois de 7 anos na Presidência, ainda fica P da vida com as injustiças.

E se tu, depois de tudo isso, consideras que ele errou, pense: errar é humano. Quem faz política também é humano? Ainda bem, né?

8 comentários:

CrápulaMor disse...

Bem colocado, Manuela! Impressionante as distorções que as pessoas fazem em nome deste patrulhamento moralista.

A Folha foi atrás da CNBB pra repreender o Lula, já viu? http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u665291.shtml
Os jornalistas são ridículos as vezes. Parecem um bando de beatas, defensoras dos bons costumes. Foram exigir a excomunhão do Lula, ou que ele fosse queimado na fogueira? Quanta hipocrisia! As pessoas estão tão preocupados com um cerimonialismo, uma liturgia, que serve pra quê? Pra quem? Que bobagem!

Passa no meu blog?
http://crapula-mor.blogspot.com/
Abraços

Anna Flávia disse...

Boa, Manuela!

dj disse...

Parabens Manuela, que bom seria se todos os politicos fossem igal a vc..
Abraços,
Djair

Adriano Daltro disse...

Legal Manuela, é isso mesmo. Presidente popular e não populista. Com vocabulário de povo. Povo que está acostumado (e cansado) a todos os dias usar a palavra. MERDA de transporte coletivo. MERDA de saneamento. MERDA, enchente de novo! - e outras MERDAs mais.
reproduzimos seu texto em nosso blog do partido em Ijuí. pcdobijui.blogspot.com.

Xico disse...

A direita não esconde sua fachada de moralismo hipócrita. Fico imaginando o que sai de palavrão nas alcovas dos que estão incomodados com Lula. Claro, somente nas alcovas, porque em público vale a correção de linguagem que não é capaz de resolver os problemas de nossa gente!

RONALDO RODRIGUES. disse...

parabéns pelo prêmio de melhor congressista na câmara dos deputados de 2009,por sinal contou com o meu voto,um abraço,ronaldo.

Mauri Toni Dandel disse...

teu texto é perfeito.
bela linha de raciocínio!

se quiser passar no meu blog... mauridandel.blogspot.com

henrique disse...

Parabéns pelo texto. A hipocrisia é um grande mal, as pessoas poderiam se deixar ser mais crianças, as vezes, e passar a fazer e falar as coisas pensando em esconder outras. Lula falou MERDA, mas faz o bem, enquanto os outros falam bem, mas fizeram MERDA.