sábado, 20 de outubro de 2012

Colorida

Colorida caminha, colorindo o silêncio da casa cheia de ausências. As patas na madeira ecoam o som dos fantasmas que ali habitam.
A vida em preto e branco. Colorida caminha.

4 comentários:

ALEJANDRO SANTOS disse...

muito bom seu blog .. pena que tento fazer um blog ,mas sempre empaco no meio do caminho ,rs

ALEJANDRO SANTOS disse...

muito bom o seu blog ,manu

Diogo Zanata disse...

Tenho notado que a perda da eleição mexeu muito com você, estou certo? Parece mais sensível e entristecida. Talvez precise de um ombro amigo nessas horas.

Anônimo disse...

Belas palavras alimentam a fantasia...e com esse banquete,a vontade é morder a isca,peixe sem espinho, ômega 3,carro próprio,plano de saúde,convênio liquigás...apenas um inquilino nesse colorido particular, é minha loucura, uma boa semana