segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Poesia

"Renda-se, como eu me rendi.
Mergulhe no que você não conhece, como eu mergulhei.
Não se preocupe em entender.
Viver ultrapassa qualquer entendimento"
Clarice Lispector

"Liberdade é pouco.
O que desejo ainda não tem
Nome"
Dela, também.

4 comentários:

Desconhecido Artista disse...

Você já leu a maçã no escuro?

Estou comendo uma maçã e nem estou vendo, mas ela é deliciosa, se não não comeria, ficou só o talo, é tão bom encontrar uma mulher inteligente e bonita.

Anônimo disse...

o medo de eleger uma mulher, quase que (ainda) menina, o medo de votar em alguém que talvez sinta o mesmo medo ou a mesma angústia que muitas pessoas, jovens, adultos, sentem.

esse medo não deveria ser maior que a coragem de votar em uma mulher que não judia de pessoas que por alguma razão estejam em uma situação de fragilidade, o medo de estar ao lado de uma mulher que não vai desejar que sua prima, ou seu primo, ou mesmo sua amiga, seja tida como moeda de troca em relações que fazem com que nós pareçamos antes de seres humanos, seres irracionais.

o medo de votar em uma mulher que esteja filiada a um partido comunista, mas que talvez acredite que antes de ditadores truculentos, a luta por uma sociedade mais digna deva ter como parâmetro o amor que Deus nos mostra como guia.

e que mesmo tendo isso em mente, prefere não ser demagoga e pedante a ponto de dizer que acredita sim, em Deus, e talvez mais do que alguém que o leve na boca e o esqueça em suas ações.

a percepção de alguém que demonstra ler, conhecer, procurar e entender,
que demonstra carinho e cuidado constantes com crianças e pessoas que por algum motivo precisem de um mínimo de apoio e atenção, mesmo que esse apoio e atenção sejam dados de maneira as vezes tímida.

a compreensão de que a 'simples' eleição para uma prefeitura não vai fazer por si só que uma cidade mude completamente, mas que apenas a união entre os cidadãos, a compreensão, a paciência para certas coisas e a coragem para outras, o coração mole para certas coisas e uma convicção firme para outras, isso sim é o que é importante.

a compreensão de que um adversário político ou mesmo alguém que não tenha votado em você não vá sofrer represálias ou se assustar de noite, ou quando anda pela rua.

não estou querendo fazer uma pedido de voto para a Manuela, estou apenas tentando mostrar as razões, mesmo que sob minha ótica, pelo que sinto, pelo que muitas vezes vejo, pelo que muitas vezes vivemos.

Samuel



Anônimo disse...

Poesia parte II
O nosso lugar dentro do tempo, guarda o sorriso do mundo.
Porque Nele cabe o melhor,cabe tudo. Cabe uma eternidade.

Eva pc do b ba disse...

Adorei o blog e muito a parte da poesia...Boa sorte Manu.