quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Pra ti

"O que quer dizer?"
Não pergunta o que não vou responder.

Estou com meu próprio mapa na mão e o estás lendo comigo.
Real time.

Me inspiras
a ser eu:
yng e yang.
Alegre e triste.
boa e cruel.
Lembra que te contei do gato do Gargamel?

vibras a Corda da vida.
Escuto.
Escrevo.
Impossivel te sentir e calar.
rimas o sofá com a parede!
Como não inspirar?

Mas não pergunta o que eu quis dizer.
Vou mentir, inventar,
Sonegar, sorrir, corar.

tudo aqui é pra ti.
Até o que não te diz respeito.

Pois se sentes o que escrevo
Sabes quem sou.

5 comentários:

Matheus YOGA disse...

Justo! Você pensa muito rápido, não conseguir acompanhar, nesse seu mapa tem tesouro perdido? Tipo o X marca o lugar ou é infantil?

Anônimo disse...

No fim das contas, todos os manos que vem aqui só querem a sua atenção e você sabe disso. Mas a crueldade das tais 'mulheres independentes' destrói a alma masculina.

Patrick disse...

Guria, eu simplesmente amei teus textos.
É algo assim, de uma emoção profunda, que mostra o lado emotivo de uma mulher aprisionada a uma casca, uma menina que no fundo quer um colo, um abraço, um carinho.
uma menina que quer ser amiga, ser amada, sentir-se amada.

Olha manu, eu chorei com teus textos.
Muito bons.

Patrick disse...

Guria, eu simplesmente amei teus textos.
É algo assim, de uma emoção profunda, que mostra o lado emotivo de uma mulher aprisionada a uma casca, uma menina que no fundo quer um colo, um abraço, um carinho.
uma menina que quer ser amiga, ser amada, sentir-se amada.

Olha manu, eu chorei com teus textos.
Muito bons.

Patrick disse...

Guria, eu simplesmente amei teus textos.
É algo assim, de uma emoção profunda, que mostra o lado emotivo de uma mulher aprisionada a uma casca, uma menina que no fundo quer um colo, um abraço, um carinho.
uma menina que quer ser amiga, ser amada, sentir-se amada.

Olha manu, eu chorei com teus textos.
Muito bons.