quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Cotidiano

Era a estrada para Ilópolis. Dia de sol, calor infernal, horário certo para o compromisso. Eis que olho uma estátua de bode numa casa. Pensei ser bastante incomum um bode nessa região, mais ainda uma estátua. Eis que ele se vira para a estrada e... é um bode real! Olhem as cenas maravilhosas de nosso cotidiano de trabalho.


crédito das fotos: Latino

2 comentários:

peripaque disse...

Vi você hoje saindo do elevador umas 9:40h, que linda!

E o texto está ótimo!!!!

Igor Alves disse...

Apaixonante sua maneira de refletir seu dia-a-dia. E seu sorriso também