terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Dança

Ouço a música,
Tuas mãos me tiram para dançar.
Aceito.

Não sabes para onde ir,
Nossos pés se encontram,
nos machucamos.
sorrimos ao final.

Sonho com os passos de nossa dança

Com desafios,
Andar ao lado,
Pegar a mão,
Sentir o cheiro.

Dançar é confiar,
Contar com outro,
Sentir o outro,
Cuidar do outro.

Levanto da cama,
Tenho os pés machucados.
Mas dançar contigo vale a pena.


2 comentários:

Matheus YOGA disse...

Por isso acho você linda, estou muito magoado e as magoas acabam passando para as coisas do coração. Não tenho partido, mas se tiver que apoiar alguém, apoio vocês. Em dez anos de governo lula, o brasil avançou mais que quinhentos anos de historia, sei que estou errado, não são dez anos de governo lula e nem você é do PT.
Não tenho magoa de nada que falaste, liberdade de expressão, acho que por isso nos entendemos, você falou o que sentia, eu falei o que sentia e tudo ficou mais claro, nem me relaciono com você para fazer ciúmes a Gisele, preciso de vocês, algumas coisas você acertou, inclusive essa parte que nem sei para onde vou, estou gostando de te conhecer melhor. Abraço Matheus.

Anônimo disse...

Dança minha cabeça
Nessa noite sem fim
Seus passos invadem os sonhos
Movidos pelo melancólico tango
Que grita na vitrola
Sei seus pés machucados
Mas a caminha é longa e dura
Mas é necessária
Seus pés descalços
Sapateiam meus pensamentos
E a dança sensual e louca
Se acelera
No ritmo do bandoneon de Piazola
Seus cabelos soltos jogam pelo ar
E os corpos ardentes queimam
Até o ultimo acorde
E seu corpo jogado em meus braços
Chamam o inevitável beijo apaixonado
E,por segundos, as feridas herdadas
De minha caminhada errante
Se cicatrizam
Nenhuma dor
Uma só dança
Um só beijo
Mas em verdade
Queria seus cuidados
Queria cuidar de você
Dançar livre e solto
No salão da infinita felicidade
No palco do eterno amor conquistado
De uma melodia sem fim