quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Chute

O bom de estar feliz no presente é que as tristezas do passado quando puxam o nosso pé de noite, não assustam. São chutadas para longe.

2 comentários:

Matheus YOGA disse...

Faz tempo que não comento, nosso papo virou moda, mas esse chute foi para o gol ou foi para aliviar a defesa? Você é atacante e joga feito zagueira. Sua belesa me agrada muito. Tudo de bom!

Anônimo disse...

Lembrei-me do Nietzsche dizendo que quando acordamos desanimados no meio da noite velhos e já derrotados inimigos voltam para nos assustar. Penso que faz total sentido.

Ótimo isso que a felicidade faz, permite enxergarmos dores e renúncias passadas com outro viés, pois já demos um passo a frente.

Grande bjo,

Renata Mendonça.